Fórum MJ, Rock My World
Olá, você está visitando o Fórum: MJ, Rock My World.
Um fórum feito em homenagem ao maior artista e ser humano fantástico que este mundo já conheceu!
Faça a sua inscrição para que possa curtir todos os encantos deste espaço construído com muito amor e carinho em cada clique!
It's all for love. L.O.V.E. for Michael!!!
God bless you!

Fórum MJ, Rock My World

O amor vive para sempre! É este amor que move nossos corações para continuar levando ao mundo o legado do eterno Rei do Pop: Michael Jackson!
Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, e não tivesse amor nada seria. (Cor. 1.13)
 
InícioPortalFAQMembrosRegistrar-seLogin
.
Palavras do Rei
MJ Rock Fã, deixe o seu recado!
Últimos assuntos
» Michael é único
Sex Nov 04, 2016 4:21 pm por Nanci Borges

» Relaxe e aproveite...
Seg Ago 29, 2016 9:59 pm por Lânia Jackson

» Se você viesse com manual de instruções as pessoas saberiam que...
Sab Jan 16, 2016 10:01 am por Cleia

» O que te faz infeliz
Sab Jan 16, 2016 9:59 am por Cleia

» Foto do dia
Seg Dez 21, 2015 6:51 pm por baixinha

» Hum, preciso de um babador !!!!!!
Seg Dez 21, 2015 6:48 pm por baixinha

» Foto do dia: Era Bad
Seg Dez 21, 2015 6:47 pm por baixinha

» Que tal uma viagem pelo Planeta dourado ?
Dom Dez 20, 2015 8:06 pm por baixinha

» Qual a música do Michael que está ouvindo
Dom Dez 20, 2015 8:02 pm por Susie MJ

» Michael maduro, sensual e lindo!!!
Dom Dez 20, 2015 7:56 pm por Susie MJ

» Mas eu me mordo de ciúmes!!!
Dom Set 13, 2015 8:25 pm por baixinha

» Bad Tour
Qui Jul 23, 2015 9:08 pm por baixinha

» Urgente, novo tipo de chuva está se espalhando
Qui Jul 09, 2015 11:02 pm por Susie MJ

» O que te fez sorrir hoje
Sab Jun 27, 2015 10:54 pm por Susie MJ

» Michael irresistivelmente perfeito
Sab Jun 27, 2015 10:45 pm por Susie MJ

» The Way you Make me Feel
Dom Jun 21, 2015 11:39 am por Lânia Jackson

» Cartões Michael :) by Maíra
Qua Jun 10, 2015 10:55 am por baixinha

» Michael para sempre :)
Sex Maio 08, 2015 7:15 pm por Maíra

» Bad Smiles
Qua Mar 18, 2015 7:50 pm por Lânia Jackson

» Oi Pessoal!!! Votação Rolando para Michael Jackson
Seg Mar 02, 2015 8:26 pm por MimiJak

» Árvore Genealógica da Família Jackson
Dom Out 19, 2014 9:36 am por Michael Jackson gay

» Neverland é um Tesouro Cultural
Dom Ago 10, 2014 7:47 pm por Maíra

» Michael Jackson Wonder World of Toys - By Kenji Koga
Sex Ago 08, 2014 7:46 pm por Maíra

» Um Mimo para os Fãs - Hologram - Slave To The Rhythm - Billboard Awards
Dom Jun 08, 2014 2:11 am por MimiJak

» Lançamento de Novo Álbum de Michael
Qua Abr 02, 2014 11:19 pm por MimiJak

» [YT] Vídeos que criei para homenagear Michael :)
Ter Dez 24, 2013 11:49 pm por baixinha

» Qual foi o ultimo filme que vc assistiu?
Sab Dez 21, 2013 4:25 pm por Lânia Jackson

» Eu confesso que..............
Qui Dez 12, 2013 1:09 pm por Susie MJ

» Que música você está se sentindo hoje?
Seg Dez 09, 2013 9:48 am por Susie MJ

» As três palavras
Sab Jul 13, 2013 1:10 pm por Lânia Jackson

Parceiros
http://twitter.com/MJ_RockMyWorld
Image and video hosting by TinyPic
Contador de visitas ao fórum
Rádio Web Michael Jackson
http://www.radiowebmichaeljackson.com/
24 horas ar!
100%
Michael Jackson

Compartilhe | 
 

 Julgamento de Conrrad Murray: Resumo do 3º dia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vank Jackson
Top Rock Fã
Top Rock Fã


Mensagens : 1951
Pontos : 9128
Data de inscrição : 06/07/2010
Idade : 36
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Julgamento de Conrrad Murray: Resumo do 3º dia   Qui Set 29, 2011 7:34 pm

Segurança de Jackson diz que médico mandou esconder remédios


O segurança Alberto Alvarez foi a primeira testemunha a depor, nesta quinta-feira, 29, terceiro dia do julgamento de Conrad Murray. O médico é acusado de homicídio doloso - quando não há intenção de matar - pela morte de Michael Jackson. Alvarez foi quem ligou para o 911 (número da emergência nos Estados Unidos) na manhã de 25 de junho de 2009.

Segundo Alvarez, Murray pediu a ele que guardasse medicamentos em uma sacola antes de fazer a ligação para o serviço de emergência. Um dos itens era uma bolsa de soro com um frasco de um líquido leitoso pendurado na parte de cima. O promotor lhe mostrou uma foto de soro e do anéstico propofol e ele confirmou que aparentava ser o mesmo. O segurança disse que não questionou a ordem e acreditou estar levando tudo para o hospital.

O advogado de defesa Ed Chernoff tentou fazer Alvarez admitir que pudesse estar confuso quanto ao pedido de Murray para recolher remédios antes de ligar para o socorro, mas ele manteve sua versão. Foi montada até uma lista detalhando tudo o que aconteceu antes de o segurança ligar para o 911.

Alvarez também revelou que recebeu, pelo menos, nove propostas para dar entrevistas e receber por elas. Segundo ele, uma das ofertas seria de 500 mil dólares. O segurança disse ter recusado todas. Questionado pela promotoria se a tragédia da morte do patrão teria lhe trazido algo de bom, ele respondeu firmemente que não e ainda acrescentou que era bem pago e que hoje enfrenta dificuldades financeiras.

A promotoria reproduziu o áudio da ligação feita pelo segurança para o atendimento de emergência pedindo socorro para Jackson. Alvarez ficou visivelmente emocionado. "É difícil ouvir isso", questionou o promotor. "Sim", respondeu Alvarez.

O dia da morte
O segurança relatou que, na véspera de sua morte, Michael estava "muito feliz" e de muito bom humor. No momento da morte do artista, Alvarez estava em um trailler destinado aos seguranças quando, por volta das 12h18, recebeu uma ligação do secretário particular de Michael pedindo para ir correndo para a casa sem chamar muita atenção.

Quando chegou ao segundo andar da mansão, onde ficava o quarto de MJ, viu o médico indo em direção ao quarto do cantor. Pelo seu relato, quando entrou no quarto de Michael, o médico estava fazendo massagem no peito do cantor. Em seguida, Conrad disse que Michael deveria ser levado ao hospital.

O segurança contou que, a pedido de Conrad, deixou o quarto por um instante para afastar Paris e Prince, que choravam. Paris gritava "Papai", segundo Alvarez. Na volta, ele questionou o médico sobre o que estava acontecendo e ele teria dito que foi uma "reação adversa". O segurança percebeu que Michael usava uma sonda urinária nesse momento, mas relatou não se lembrar se havia oxigênio no quarto.

Mais testemunhas
Após o depoimento de Alberto Alvarez, foi a vez da personal chef Kai Chase dar seu testemunho. A profissional era a responsável por preparar as refeições de Michael e os três filhos, seis dias por semana. Durante a fala de Kai, que também estava na mansão na manhã em que Jackson morreu, uma imagem de Paris, Prince e Blanket foi mostrada em uma projeção.

Segundo Kai, perto do horário do almoço, Murray teria aparecido muito nervoso, próximo à cozinha, onde ela estava, e gritando mandou que ela chamasse Prince e os seguranças. "Ele parecia muito nervoso", falou a chef. Questionada se ele teria pedido que ela ligasse para a emergência, ela negou.

Ainda de acordo com a chef, as empregadas da casa se reuniram na área de serviço e começaram a chorar, sem saber exatamente o que acontecia no segundo andar da casa. Prince, Paris e Blanket se juntaram às funcionárias da mansão. Kai contou que as crianças choravam e gritavam.

As informações são do Ego.





*************************************************************************************

Testemunha diz que médico de MJ gritou por ajuda; sessão volta na 6ª

Kai Chase, chef de cozinha da mansão de Michael Jackson, foi a segunda testemunha do terceiro dia do julgamento de Conrad Murray, médico do rei do pop. Ela contou que no dia da morte do cantor, 25 de junho, o médico surgiu na cozinha gritando: "chame ajuda! Chame a segurança! Chame Prince". O julgamento será retomado nesta sexta-feira (30), às 12h45.

Ao ser questionada pela promotoria se o médico pediu especificamente que ela chamasse a emergência, Chase afirmou que não. Assim que encontrou o Dr.Murray chamou Prince, filho mais velho de Michael Jackson, e disse: "Dr. Murray precisa de você. Aconteceu alguma coisa com seu pai".

Ainda sobre o dia da morte do cantor, ela viu funcionários chorando e resolveu questioná-los sobre o motivo. As empregadas disseram que talvez Michael Jackson estivesse doente. Blanket e Paris também estavam no piso térreo da mansão e choravam muito. Chase teria se aproximado e rezado com eles.

"Meu coração ainda está quebrado. Foi um dia devastador", afirmou, pouco antes de começar a ser interrogada pela defesa. Antes disso, afirmou que deu diversas entrevistas após a morte do cantor, mas nunca recebeu dinheiro por elas.

3º dia de julgamento
Antes do testemunho de Kai Chase, o segurança Alberto Alvarez foi interrogado pela promotoria e pela defesa. Ele afirmou que no quarto do cantor havia uma bolsa de soro com Propofol.

"Na bolsa de soro, presa no suporte, havia um frasco com um líquido leitoso", disse o segurança, que ajudou a resgatar o cantor no dia 25 de junho de 2009. Perguntado se era um frasco de Propofol, o guarda-costas disse que sim.

Alvarez também contou à promotoria que Dr. Murray, enquanto tentava reanimar Michael Jackson, o pediu para chamar o resgate. "Ele disse para mim: 'Alberto, apresse-se. Nós temos que levá-lo ao hospital, chame uma ambulância'".

Já no hospital, o médio teria dito: "obrigado pela ajuda". "Eu respondi 'nós fizemos nosso melhor'", contou o segurança no momento que a morte do cantor foi anunciada. Ele disse ainda que Murray se sentou no corredor do hospital e disse para si mesmo: "eu queria que ele sobrevivesse".

Ainda segundo seu relato, os filhos de Michael Jackson, Prince e Paris, chegaram no quarto do cantor e o médico pediu para não deixá-los verem o pai desacordado.

Interrogado pela defesa, Alvarez disse que encontrou frascos no quarto de Michael Jackson e os escondeu, antes de ligar para a emergência, à pedido do Dr. Murray.

Alberto Alvarez disse ainda que chegaram a oferecer US$ 500 mil por uma entrevista, mas ele recusou. "Eu ganhava bastante dinheiro trabalhando para Sr. Jackson. Hoje estou sem dinheiro, vivendo de bicos. Muitos querem tirar proveito da minha situação", afirmou.


Fonte: Terra


**********************************************************************************************

Segurança de Michael Jackson diz que Paris chorava pelo pai

O terceiro dia de julgamento do médico Conrad Murray, acusado de homicídio culposo – aquele em que a pessoa não tem intenção de matar – pela morte de Michael Jackson começou pontualmente às 12h45 desta quinta-feira (29) na Corte Superior do condado de Los Angeles.

O processo irá esclarecer as circunstâncias da morte do cantor no dia 25 de junho de 2009. O primeiro depoimento desta quinta foi do segurança Alberto Alvarez, que é investigado por ajudar Dr. Conrad a tirar remédios da cena do crime que foram usados por Michael Jackson.


Em depoimento, o segurança confirmou que ligou para a emergência na noite da morte de Michael Jackson e contou ainda que na véspera o cantor estava “muito feliz” e “bem humorado”. “Dr. Conrad Murray pediu para eu ligar para o 911 quando cheguei no quarto porque o Michael teve uma reação muito ruim”, contou.

Alvarez revelou que estava no trailer dos seguranças quando recebeu uma ligação do assistente pessoal de Michael, na qual foi solicitado para correr à casa do cantor, mas sem chamar atenção. “Quando cheguei no segundo andar, vi o Dr. Conrad indo em direção ao quarto de Michael Jackson”, falou ele. Ao ser questionado pelo júri sobre o que aconteceu naquele momento, ele disse que o médico procedeu com massagem cardíaca em Michael. “Ele usou apenas uma mão, com a palma da mão aberta”.

Segundo ele, Dr. Conrad pediu para que ele chamasse o resgate: “Quando cheguei no quarto, ele disse: ‘Alberto, anda logo, vamos levá-lo ao hospital, chame uma ambulância’ e eu segui as orientações dele”, falou. Porém, logo em seguida os filhos de Michael Prince e Paris chegaram ao local e ele precisou se ausentar para tirar as crianças de lá. “Prince e Paris vieram atrás de mim. Paris começou a gritar e chorar pelo nome de seu pai. Dr. Conrad disse: ‘não deixe eles verem o pai deles morto’. Eu os tirei do quarto e disse: ‘crianças, não se preocupem porque vai ficar tudo bem’”, contou. “Quando retornei à situação no quarto, o Dr. Conrad disse: ele teve uma má reação e eu esperei fora do quarto”, completou ele, que percebeu que Michael agora estava com uma sonda urinária.


O segurança disse ainda que não observou nada de errado no quarto após ter ligado à emergência. “Eu liguei para o 911 e segui todas as orientações do Dr. Conrad Murray”, acrescentou. “Ele estava com a mão cheia de embalagens e pediu para que eu colocasse em uma bolsa de plástico. Depois que coloquei lá dentro, ele pediu pra eu colocar dentro de outra bolsa”, revelou.

Fonte: IG

******************************************************

Infomações postadas no Twitter: @MJNABrasil [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

LEIA DE BAIXO PARA CIMA:

· E encerra o julgamento por hoje, retornando amanhã.

· O juiz está passando instruções aos jurados com relação ao testemunho de Kai Chase.

· O juiz dispensou a testemunha.

· O juiz e advogados estão conversando.

· Ela não tinha certeza sobre a emergência, mas Murray estava em pânico.

· A cozinha não estava muito longe do trailer de segurança (Flanagan perguntou por que ela não chamou a segurança depois de ver Murray)

· Você sentiu que ea uma situação do tipo de emergência? Kai Chase: Sim senti. As ações de Murray eram de pânico.

· Você sentiu que ea uma situação do tipo de emergência? Kai Chase: Sim senti. As ações ações de eram de pânico.

· Chase não tinha visto Michael ou Murray antes de 12. Tinha visto a segurança.

· Kai não tinha contato telefônico regular com ninguém, exceto Michael Amir Williams

· Chase entrou na entrada da cozinha batendo na porta da cozinha. Segurança a escoltou no dia 25.

· Chase trabalhava todos os dias e folgava aos domingos. Além disso, afirma que ele descia para tomar café da manhã duas vezes por semana.

· Ela conta que trabalhava todos os dias e folgava aos domingos. Além disso, afirma que ele descia para tomar café da manhã periodicamente

· Flanagan (defesa) está fazendo ás perguntas agora.

· Chase confirma que recebeu cerca de $7000 em entrevistas.

· Chase foi paga por uma delas, na Alemanha, recebeu $1000 .

· Chase deu várias entrevistas após a morte de MJ. Não foi paga por eles.

· "Meu coração ainda está quebrado. Foi um dia muito devastador ... para mim. " disse Chase.

· Fiquei no hall de entrada com crianças. Então me pediram para deixar as instalações por segurança. A governanta também pediu para sair.

· Chase e a governanta estavam tentando confortar os filhos. Ainda era desconhecido o que estava acontecendo.

· Eu vi os médicos subir as escadas e correr lá em cima. Ainda estávamos em juntos no fundo das escadas.

· Deixei a minha área, as crianças estavam chorando e gritando. Todos começaram a se abraçar, de mãos dadas e rezando.Energia não estava boa.

· Ela conta que depois que chamou Prince, voltou ao seu posto, mas logo viu funcionários chorando


· Ela foi buscar Prince. Disse que a segurança estava fora. Prince estava mais perto.

· Murray nunca pediu para ela ligar para o 911

· Depois de Murray gritou, ela foi buscar Prince. Retornou para a cozinha.

· Eu disse ao Prince que Murray estava chamado ele e disse que pode haver algo errado com seu pai.

· Kai Chase: diz k o Dr. Murray desceu as escadas e gritou: "Obtenha ajuda! Chame a segurança! Chame Prince!"

· Ele estava muito nervoso, estava gritando disse Chase

· Kai Chase diz que Murray correu para a cozinha entre 12,05 e 12,10 em pânico

· e voltou aproximadamente ás 10h45.

· Ela conta que preparou o café da manhã, mas ele ainda não estava pronto para comer. Por volta das 9h45, ela saiu para fazer compras

· MJ queria almoçar às 12h30 exatamente.

· Chase disse k a sopa de feijão estava na geladeira ainda na manhã de 25.

· Chase chegou na casa por volta das 8h30....um dia comum de trabalho preparando o café da manhã p as crianças.

· MJ amava o tempo c/ a família. Salada de atum grelhado. Ela mesma fez salada para levar c ele p o ensaio. .

· Chase afirmou que viu Michael na cozinha na hora do almoço, 24 de junho: "ele estava feliz porque ele estava almoçando com seus filhos".

· Murray entrou na cozinha em 24 de junho pela escada.
· Chase: "Ele disse que Michael Jackson já iria descer e gostaria de almoçar com os filhos"

· Murray ia nacozinha ou obter café da manhã para Michael.

· Chaise disse que viu Dr. Murray no dia 24.

· Acompanhe ao vivo o julgamento [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] via @MJJUnderground

· A corte retornou do recesso e Kai Chase continua no banco das testemunhas.

· A corte entra em recesso por 15 minutos.

· Pareceu-me que MJ tinha um relacionamento íntimo e amoroso com seus filhos e parecia estar feliz.

· Depois ia fazer refeições para MJ. Seria granola com leite de amêndoa. Ou de beterraba ou suco de cenoura. Ou algo com legumes dentro.

· Chse: Eu chegava de manhã 8-8:30h. Meu primeiro dever seria alimentar os filhos.

· Chase gostava de trabalhar para o MJ e seus fihos. Usava um uniforme de chef profissional.

· Ela ia até Carolwood 6 dias por semana.

· Kai Chase preparava diariamente refeições para MJ e sues filhos.


· @MJNABrasil "Eu sempre me preocupei com as crianças e eles foram muito respeitosos comigo quando pedi para saírem do quarto", disse Alvarez

· Kai Chase é chamada para depor.

· Alvarez foi dispensado.

· Chernoff: Houve alguma conversa com Murray sobreo por que ele pediu para arrumar os frascos? Alvarez : "não senhor".

· e colocar os remédios na sacola.

· Walgren fogo rápido em questionar Alvarez, perguntando se ele tinha tempo suficiente para acompanhar as crianças da sala, >>

· Defesa terminou questionamento. Promotoria faz mais perguntas.

· Antes de 2005, Alvarez e Murray eram apenas conhecidos. Se encontravam na casa de MJ...quase n conversavam.

· Em 2010, ele foi contratado como segurança para as crianças. Ele foi contratado pelo Jacksons. Ele só trabalhou 2 meses.

· 1 hour ago

· Em 2007, ele trabalhou em Las Vegas, em seguida, contratado novamente por Amir em 2008.

· Alvarez conta que começou a trabalhar para Michael Jackson em 2004

· Alvarez: Eu não tenho sido capaz de ter um trabalho consistente desde apareci na TV

· Alvarez lembra do saco azul, onde ele colocou o saco de soro fisiológico também

· Perguntou quando ele falou com a polícia depois de 25 de junho. Alvarez disse que dois dias depois.

· Alvarez Lembra-se do IV, ligado ao saco de soro fisiológico, o saco era claro. Chernoff : Havia outro tubo conectado a ele. Alvarez: Não.

· Chernoff agora está mostrando as mesmas fotos de ontem e pedindo para Alvarez identificar as pessoas nas fotos.

· Defesa e promotoria estão neste momento conversando com o Juiz.

· "Você nunca disse a qualquer desses policiais sobre ocultar provas ..." Chernoff para Alberto Alvarez.

· ou se o segurança falou sobre esconder frascos e bolsas de soro.

· o vídeo, aparecem muitos policiais. O advogado pergunta se algum deles perguntou sobre o que aconteceu >>

· É mostrado um vídeo do hospital, onde Alvarez aparece.

· Alvarez dis que recebeu algumas ofertas da mídia sobre a história.

· Alvarez diz que quando ele pegou MJ percebia que ele estava muito leve quando perguntado sobre a condição de Michael, em 25 de junho.

· Estão escutando a chamada a 911 e Chernoff questiona se realmente Alvarez ajudou a levar Jackson p fora da cama e deitou-o no chão.

· O segurança conta que fez gestos com as mãos e os dois colocaram MJ no chão.

· Você não falou para o Dr.Murray que precisava colocá-lo no chão?", pergunta o advogado.
· Chernoff pediu que ele lessee transcrição da ligação p 911 e encontre a parte em que o operador pede que ele colocasse MJ no chão.

· "Você foi gentil com ele", pergunta Ed Chernoff. "É claro que fui", responde Alvarez

· Alvarez conta que os operadores da emergência pediram que ele colocasse Michael Jackson no chão.

· Alvarez afirmou que ele foi instruído pelo atendente do 911 para colocar Michael no chão.

· Somente depois que ele chamou o 911.

· Alvarez colocou o conteúdo no segundo saco azul.

· Alvarez colocou no saco, conforme solicitado por Murray.

· Alvarez diz que tinha 2 sacos de IV.Ele identificou um. Não lembra quando viu a bolsa depois de 2009

· Alvarez confirma que Dr.Murray pediu que ele transferisse os frascos de um saco plástico para uma bolsa marrom

· Alvarez confirma que Dr.Murray pediu que ele colocasse os frascos em um saco plástico.

· Alvarez confirma que Dr.Murray pediu que ele colocasse os frascos em um saco plástico

· O segurança falou sobre os frascos que encontrou no quarto de Michael Jackson e escondeu, antes de ligar para a emergência

· Alberto Alvarez ainda testemunhando.
· Quando a corte retornar do recesso Alvarez deve continuar testemunhando.

· Estamos de volta....em minutos termina o recesso da corte.

· Advogado de Arnold Klein divulga declaração [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

· Desculpem, terei de ficar fora uns minutos. Continuem acompanhando o julgamento pelo @mjBeats

· Alvarez disse que chegou às 10h15 no dia 25/06/2009, fez os procedimentos normais de segurança.

· Em abril / Maio / Junho via Murray 5-6 vezes, principalmente à tarde. Viu tanques de oxigênio no trailer.

· Os seguranças pessoais eram Mike Lemeer, Derrick Muhammad, Isaac Muhammad, mais tarde, Eric Muhammad, e Faheem.

· Alvarez é deu uma geral da descrição do seu trabalho, ele era diretor de logística.

· Alberto Alvarez está iniciando seu testemunho á promotoria

· O juiz está abrindo a sessão de hoje com instruções.

· Em alguns minutos o julgamento deve estar começando.

· Alberto Alvarez e os paramédicos que atenderam ao chamado na Carolwood, Martin Blount e Richard Sennef, testemunharão hoje.

· Boa tarde!

· Assistente de Michael Jackson depõe no segundo dia do julgamento [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


· Lou Ferrigno: Michael parecia bem para mim [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


· Obrigado pa todos por suas mensagens. Continuaremos tentando fazer o melhor para que todos possam ter acesso ao que está acontecendo >

· Mais informações sobre o segundo dia do julgamento de Murray em breve no [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

__________________________________________


TwitterFacebook Blog Forever Michael Jackson Blog Alone With My Self
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://forevermichaeljackson.blogspot.com
ELMA
Mega Rock Fã
Mega Rock Fã


Mensagens : 668
Pontos : 5176
Data de inscrição : 06/03/2011

MensagemAssunto: Re: Julgamento de Conrrad Murray: Resumo do 3º dia   Sab Out 01, 2011 1:40 pm

Valeu...Só aguardando:study: ...Justiça para Michael !!!

__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Julgamento de Conrrad Murray: Resumo do 3º dia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum MJ, Rock My World  :: Michael Jackson, HIStory :: Notícias-
Ir para:  
Fórum grátis | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis
Rádio Web Michael Jackson | Fórum Off The Wall | Fórum Breaking News | Fórum Michael Jackson The Greatest