Fórum MJ, Rock My World
Olá, você está visitando o Fórum: MJ, Rock My World.
Um fórum feito em homenagem ao maior artista e ser humano fantástico que este mundo já conheceu!
Faça a sua inscrição para que possa curtir todos os encantos deste espaço construído com muito amor e carinho em cada clique!
It's all for love. L.O.V.E. for Michael!!!
God bless you!

Fórum MJ, Rock My World

O amor vive para sempre! É este amor que move nossos corações para continuar levando ao mundo o legado do eterno Rei do Pop: Michael Jackson!
Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, e não tivesse amor nada seria. (Cor. 1.13)
 
InícioPortalFAQMembrosRegistrar-seConectar-se
.
Palavras do Rei
MJ Rock Fã, deixe o seu recado!
Últimos assuntos
» Michael é único
Sex Nov 04, 2016 4:21 pm por Nanci Borges

» Relaxe e aproveite...
Seg Ago 29, 2016 9:59 pm por Lânia Jackson

» Se você viesse com manual de instruções as pessoas saberiam que...
Sab Jan 16, 2016 10:01 am por Cleia

» O que te faz infeliz
Sab Jan 16, 2016 9:59 am por Cleia

» Foto do dia
Seg Dez 21, 2015 6:51 pm por baixinha

» Hum, preciso de um babador !!!!!!
Seg Dez 21, 2015 6:48 pm por baixinha

» Foto do dia: Era Bad
Seg Dez 21, 2015 6:47 pm por baixinha

» Que tal uma viagem pelo Planeta dourado ?
Dom Dez 20, 2015 8:06 pm por baixinha

» Qual a música do Michael que está ouvindo
Dom Dez 20, 2015 8:02 pm por Susie MJ

» Michael maduro, sensual e lindo!!!
Dom Dez 20, 2015 7:56 pm por Susie MJ

» Mas eu me mordo de ciúmes!!!
Dom Set 13, 2015 8:25 pm por baixinha

» Bad Tour
Qui Jul 23, 2015 9:08 pm por baixinha

» Urgente, novo tipo de chuva está se espalhando
Qui Jul 09, 2015 11:02 pm por Susie MJ

» O que te fez sorrir hoje
Sab Jun 27, 2015 10:54 pm por Susie MJ

» Michael irresistivelmente perfeito
Sab Jun 27, 2015 10:45 pm por Susie MJ

» The Way you Make me Feel
Dom Jun 21, 2015 11:39 am por Lânia Jackson

» Cartões Michael :) by Maíra
Qua Jun 10, 2015 10:55 am por baixinha

» Michael para sempre :)
Sex Maio 08, 2015 7:15 pm por Maíra

» Bad Smiles
Qua Mar 18, 2015 7:50 pm por Lânia Jackson

» Oi Pessoal!!! Votação Rolando para Michael Jackson
Seg Mar 02, 2015 8:26 pm por MimiJak

» Árvore Genealógica da Família Jackson
Dom Out 19, 2014 9:36 am por Michael Jackson gay

» Neverland é um Tesouro Cultural
Dom Ago 10, 2014 7:47 pm por Maíra

» Michael Jackson Wonder World of Toys - By Kenji Koga
Sex Ago 08, 2014 7:46 pm por Maíra

» Um Mimo para os Fãs - Hologram - Slave To The Rhythm - Billboard Awards
Dom Jun 08, 2014 2:11 am por MimiJak

» Lançamento de Novo Álbum de Michael
Qua Abr 02, 2014 11:19 pm por MimiJak

» [YT] Vídeos que criei para homenagear Michael :)
Ter Dez 24, 2013 11:49 pm por baixinha

» Qual foi o ultimo filme que vc assistiu?
Sab Dez 21, 2013 4:25 pm por Lânia Jackson

» Eu confesso que..............
Qui Dez 12, 2013 1:09 pm por Susie MJ

» Que música você está se sentindo hoje?
Seg Dez 09, 2013 9:48 am por Susie MJ

» As três palavras
Sab Jul 13, 2013 1:10 pm por Lânia Jackson

Parceiros
http://twitter.com/MJ_RockMyWorld
Image and video hosting by TinyPic
Contador de visitas ao fórum
Rádio Web Michael Jackson
http://www.radiowebmichaeljackson.com/
24 horas ar!
100%
Michael Jackson

Compartilhe | 
 

 Michael Jackson: Quando o homem virou mania

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vank Jackson
Top Rock Fã
Top Rock Fã
avatar

Mensagens : 1951
Pontos : 9260
Data de inscrição : 06/07/2010
Idade : 37
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Michael Jackson: Quando o homem virou mania   Qui Abr 14, 2011 11:07 pm






Os leitores pediram, a gente atende! 100Grana apresenta Especial Michael Jackson.

Qual foi o momento em que o cantor virou ícone? Homenageamos o astro buscando a origem do mito.

Após a recusa do pedido, Berry Gordy, chefão da gravadora Motown, intervém:
- Michael, será maravilhoso se você cantar com seus irmãos nesse especial de tevê da Motown. Por favor, venha!
- Tudo bem, mas com uma condição. Eu quero cantar uma música nova minha. Sozinho.

A verdade é que nada seria igual depois daquele 25 de março de 1983, data da gravação de Motown 25, comemoração do aniversário de criação da maior gravadora de música negra da História, que reuniria grandes nomes da casa, alguns se apresentando juntos depois de longa separação. No caso da família Jackson, era a primeira vez lado a lado em sete anos desde que saíram da Motown para a CBS. Eles não sabiam que o mundo veria o início de uma trajetória incomparável. Mas vamos olhar para trás um pouco.



Berry Gordy, Michael Jackson e a produtora Suzanne de Passe


Michael, até então, sempre foi associado ao estrondoso sucesso que fez com o Jackson 5, composto por ele e seus irmãos mais velhos, tendo começado a carreira aos cinco anos de idade. Apesar de ter gravado álbuns “solo”, eram encarados como parte da mesma franquia. Ele ainda era o “Little Michael”, que dava um banho de carisma e performance no resto da banda. Mas cresceu e gravou em 1979, com controle criativo total, Off The Wall, uma pedra preciosa de álbum que até hoje agita pistas ao redor do planeta. Essa independência só foi possível depois que Michael se desvencilhou do pai, Joe Jackson, que, sempre se soube, abusou do trabalho dos filhos em causa própria. Joe, demitido do cargo de empresário pelo filho mais talentoso, não seria mais empecilho. Se o próximo trabalho seguisse a mesma trilha ou evoluísse dali, já seria uma bela discografia. Mas Michael não estava satisfeito. Revistas não o chamavam para entrevistá-lo, o álbum não foi reconhecido ou premiado o bastante para que ele ficasse feliz. Faltava alguma coisa.



Capa de Off The Wall, já com as meias brilhantes.




Corta para 1982. Durante as gravações do que viria a ser o mais vendido disco de todos os tempos, Michael bate o pé diz que a introdução de uma das faixas será “longa assim mesmo”, pois é o que o faz querer dançar. A Rod Temperton, co-autor e Quincy Jones, que queria cortar a música da lista, só resta acatar. Enquanto isso, o cantor passava boa parte dos ensaios treinando seus passos ao som dela.

Tempos depois, com o disco já nas lojas, no fim de 83 Michael lança o vídeo homônimo, Thriller, que não pode ser definido com algo menos do que revolucionário. Quatorze minutos de uma homenagem aos filmes de terror (dos quais o astro era fã), a clássica história de “mocinha-e-mocinho-fugindo-do-monstro”, com uma surpresa no fim (o mocinho era o monstro). John Landis, de Um Lobisomem Americano em Londres, na direção e o mestre maquiador Rick Baker transformando o cantor em um lobisomem e depois no líder de um bando de zumbis. O conceito do disco se concentra ali, fugindo totalmente do clichê de um punhado de canções sobre amor e sofrimento acompanhando imagens sem apelo algum para se firmar como um entretenimento audiovisual com idéias inovadoras. Pensando bem, com uma estrutura dessas, não seria difícil fazer um grande barulho para qualquer artista. Pensando melhor ainda, se não fosse por Michael, não teríamos os itens listados acima muito menos a coreografia arrasadora do fim do mini-filme, como ele gostava de chamá-lo. Explicada a dedicação à dança tanto quanto à música. Ou quase.




De volta à março de 1983, Michael, segundo relatos, treina incessantemente sua apresentação na cozinha de casa. Estava mais perfeccionista do que nunca. No dia 25, os Jacksons entram em cena no Pasadena Civic Auditorium, em sexteto dessa vez, para cantar um medley de alguns de seus sucessos. Todos muito animados como sempre, menos Michael, que geralmente era sorridente, agora tenso e compenetrado:



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



O medley termina. O público aplaude muito e os irmãos de Michael deixam o palco. Ele fica e em poucas palavras, tenta definir o estado atual de sua vida:



“Aqueles foram os bons e velhos dias. Eu amo aquelas canções, foram momentos mágicos com todos os meus irmãos, incluindo Jermaine. Mas, aquelas são boas canções, gosto bastante delas. Mas, especialmente, eu gosto… das novas canções.”

Michael, de terno preto reluzente, meias, camisa e a luva esquerda prateadas cintilando, se abaixa e pega um chapéu fedora no chão, colocando na cabeça, incorporando outra persona. A bateria que se tornaria inconfundível ressoa simultaneamente. A mão enluvada na cintura, que mexe fazendo lembrar dos tempos que filmavam Elvis “The Pelvis” apenas da cintura para cima, evitando a escandalização da América. A letra incomum à época, falando de uma garota que dizia ter um filho dele. E, finalmente, ele dança. Como uma versão agressiva de Fred Astaire, deslizando em frente à platéia. Some o “pequeno Michael”, dando lugar ao “Rei do Pop”. Sozinho como queria. Sem truques de câmera, efeitos especiais ou maquiagem, em frente ao público presente e, dias depois, para milhões de telespectadores.



Anos e anos de sofrimento, discussões, noites sem dormir e diversos abusos tinham uma compensação enorme naquele dia. Michael, no entanto, extremamente caprichoso como sempre, achou que não foi perfeito como deveria, que tinha que ter ficado mais alguns segundos na ponta dos pés, blá blá blá. Assistindo a ele, tudo parece muito fácil de fazer. “Fácil” como foi vender mais de 100 milhões de cópias de Thriller. “Fácil” como fazer um disco e turnê seguintes vitoriosos. “Fácil” como conseguir ser, aos 30 anos de idade, chamado de Rei. Como ter sido alvo de tantas especulações e acusações e ser ridicularizado depois de ter encantado o planeta.

Todos os que viveram os anos de seu auge o ouviram e muitos se influenciaram. Michael praticamente inventou o atual cenário pop estratosférico de fama, estrutura e dinheiro, hoje em dia em fase decadente. E talvez só Elvis tenha uma gama tão grande de sósias que o homenageiam com seu próprio corpo e voz 24 horas por dia (sem contar, claro, Roberto Carlos e Raul Seixas no Brasil). Aliás, nem é necessária a parafernália, afinal, quem nunca arriscou um rodopio, uma quebrada de quadril, um moonwalk, que atire o primeiro vinil empoeirado.

As próximas gerações ainda serão influenciadas por seu talento, humildade e força de vontade. Que finalmente ele fique em paz.



Farewell, Michael.





Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


__________________________________________


TwitterFacebook Blog Forever Michael Jackson Blog Alone With My Self
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://forevermichaeljackson.blogspot.com
baixinha
Rock Fã Gold
Rock Fã Gold
avatar

Mensagens : 10799
Pontos : 15473
Data de inscrição : 06/03/2011
Idade : 58
Localização : Campinas - São Paulo

MensagemAssunto: Re: Michael Jackson: Quando o homem virou mania   Sex Abr 15, 2011 1:34 pm

Vank Querida, que texto show !!!!!
Ain, deu tanta saudade dele rever suas história, ele realmente se transformou em mania mundial, filosofia de vida mundial. O Rei dos reis .

__________________________________________





baijacksons::: You really rock my world, Michael baijacksons:::



helloo::
Voltar ao Topo Ir em baixo
FLAZINHA
Top Rock Fã
Top Rock Fã
avatar

Mensagens : 4641
Pontos : 9528
Data de inscrição : 08/03/2011

MensagemAssunto: Re: Michael Jackson: Quando o homem virou mania   Sex Abr 15, 2011 4:26 pm

O texto é maravilhoso,nos remete a toda a história de MJ.Ao encantamento que ele trouxe ao mundo.Me lembro de quando eu tinha sete anos e ficava parada vendo ele na tv,era incrível aqueles tempos.Para qualquer lugar que fosse,tinha meninos com o cabelo cortado igual ao dele no clip Bad,e a jaqueta com fivelas era sucesso absoluto,nunca mais ouvi falar de alguém que causasse tanta euforia nas pessoas.Costumamos dizer que MJ é Rei,mas pensando bem,reis são seres humanos comuns,Michael é muito mais do que isso.

__________________________________________

Eternamente e sempre
E quando eu morrer, eu continuo vivendo
Você sempre terá o meu amor MJ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vank Jackson
Top Rock Fã
Top Rock Fã
avatar

Mensagens : 1951
Pontos : 9260
Data de inscrição : 06/07/2010
Idade : 37
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Michael Jackson: Quando o homem virou mania   Sex Abr 15, 2011 6:31 pm

" Costumamos dizer que MJ é Rei,mas pensando bem,reis são seres humanos comuns,Michael é muito mais do que isso. "

Realmente Fla, ele era mais que isso!!! Quem sabe uma estrela que Deus mandou lá do céu apenas para nos tornar seres humanos mais felizes?



__________________________________________


TwitterFacebook Blog Forever Michael Jackson Blog Alone With My Self
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://forevermichaeljackson.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Michael Jackson: Quando o homem virou mania   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Michael Jackson: Quando o homem virou mania
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum MJ, Rock My World  :: Michael Jackson, HIStory :: Todo fã deve saber (dúvidas e curiosidades sobre MJ)-
Ir para:  
Criar fórum no Forumeiros | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis
Rádio Web Michael Jackson | Fórum Off The Wall | Fórum Breaking News | Fórum Michael Jackson The Greatest